SURGE UMA ACADEMIA

Em 1981, sob inspiração do Dr. Caio Villela Nunes, um grupo de reumatologistas renomados e reconhecidos pelo seu trabalho, com atuações destacadas nas sociedades de reumatologia de diversos estados na Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) fundou a Academia Brasileira de Reumatologia (ABR).

A reunião de fundação aconteceu no dia 15 de outubro de 1981. As decisões sobre a diretoria, conselhos, cadeiras e normas de funcionamento foram tomadas em reunião realizada em 15 de janeiro de 1982. A posse ocorreu em sessão solene na Academia Nacional de Medicina, em 14 de maio de 1982.

Nossos valores, é certo, foram forjados nas experiências dos nossos pioneiros da reumatologia brasileira. Amor aos estudos, determinação e disciplina nas pesquisas, dedicação aos pacientes e compromisso de levar cura, conhecimento e melhores condições de vida aos nossos pacientes.

A tradição que reunimos e representamos tem lugar para o desejo permanente de aprender, inovar e crescer. Estamos abertos ao conhecimento que se múltipla na velocidade da internet, se aprofunda nas universidades, se dissemina em grandes eventos e que se armazena e expande, byte a byte, nos milhares de terabytes, petabytes, yottabytes. Medidas que nos aproximam cada vez mais do infinito.

A generosidade dos nossos fundadores e pioneiros foi fundamental para o reconhecimento e o desenvolvimento da reumatologia brasileira. Sempre compartilhando experiências, descrevendo carreiras, disponibilizando conhecimentos.

Nossa marca é feita de fraternidade solidária. Somos como livros abertos (ou computadores sem firewall), dispostos a produzir, reunir e doar conhecimento a todos que o buscam.

Bem-vindos, colegas acadêmicos e visitantes, à Academia Brasileira de Reumatologia!

Cabe a cada acadêmico o exercício da fraternidade e solidariedade, a defesa dos nossos princípios e valores éticos, morais e científicos-culturais.